A equipe brasileira que esteve 21 dias em missão humanitária no Haiti, país arrasado por um terremoto em meados de agosto, contou com os serviços de três bombeiros especialistas em Enfermagem. Inicialmente organizado para buscas de sobreviventes nos escombros, o esforço logo mudou seu foco de atuação para ajuda humanitária, em parceria com entidades religiosas locais e missões de outros países. Os brasileiros distribuíram toneladas de alimentos e chegaram a realizar até 50 atendimentos médicos por dia.